Notícias em Destaque

SHOPPING POPULAR INAUGURA DIA 21/09/2020

 

Dia 15 é o limite para relocação de camelôs para Centro Comercial Popular e abertura será dia 21

A narrativa do suposto camelô nesse vídeo do Centro de Abastecimento nas chuvas.

Parece uma cachoeira, e ainda tiveram a ideia de colocar um tanque de 5 mil litros de água para armazenar, e vejam que será inaugurado daqui a sete dias com a carência dos camelôs de 8 meses.

VIDEO:

Video de Internauta

O dia 15 de setembro, terça-feira, é o limite definido pela Prefeitura de Feira de Santana para a relocação dos ambulantes para o Centro Comercial Popular. A abertura oficial do entreposto será no dia 21.

Apenas serão transferidos aqueles que foram cadastrados e regularizados pela Settdec (Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico).

No decreto publicado na edição desta quarta-feira, 9, do Diário Oficial Eletrônico do Município, ficam extintas e tornadas sem efeito toda e qualquer permissão do comércio ambulante nas ruas centrais.

Em razão da ordem pública, interesse da acessibilidade e urbanização, determina a desocupação de qualquer tipo de equipamento usado nas vendas e que os ambulantes sejam relocados para o entreposto a partir desta quinta-feira, 10.

A execução das obras do Projeto Novo Centro, que vão modernizar e ordenar as ruas centrais, impõe que sejam tomadas medidas que facilitem a circulação de pedestres nas vias públicas.

A decisão levou em consideração os estatutos do Idoso, do Pedestre, o direito à mobilidade das pessoas com deficiência e uma ação judicial, inciativa do Ministério Público, para atender as políticas públicas de meio ambiente, mobilidade e urbanismo no centro.

A fiscalização será responsabilidade da FPI ( Fiscalização Preventiva Integrada) sob a coordenação da Seprev (Secretaria de Prevenção a Violência), que adotará as medidas para a transferência dos camelôs para o novo equipamento, nos locais definidos pela Settdec.

Fonte:https://www.feiradesantana.ba.gov.br/secretarias.asp?id=9#sec

Ambulantes aderem à carência de oito meses no Centro Comercial Popular

Ambulantes cadastrados para o Centro Comercial Popular têm ido ao equipamento para assinar o aditivo ao contrato de mais cinco meses de carência no pagamento do aluguel e também a retirada da palavra "lacre" do documento inicial para os inadimplentes com mais de 60 dias. 

Os benefícios estão sendo oferecidos pelo Governo Municipal e o Consórcio responsável pelo empreendimento, acatando  reivindicação da Associação dos Ambulantes  e do Sindicato dos Camelôs de Feira de Santana. Com esse aditivo, eles passam a ter oito meses de carência para iniciar o pagamento do aluguel.

O secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior, informa que os ambulantes também estão assinando o termo de anuência de retirada das barracas para ter direito aos oito meses de carência. "Estão atendendo a data limite do Decreto  Municipal de 8 de setembro", disse.

Para facilitar a regularização dos contratos dos camelôs, a Settdec disponibilizou uma equipe para orientar quem tem dúvidas ou que ainda não assinou o contrato por ter alguma pendência no box.

Fonte:https://www.feiradesantana.ba.gov.br/secretarias.asp?id=9#sec


Nenhum comentário

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Site GutemBA News.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O ADM pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.